Acupuntura
Esta técnica se refere à inserção de agulhas através da pele nos tecidos subjacentes, em diferentes profundidades e em pontos estratégicos do corpo para produzir o efeito terapêutico desejado.

Sua teoria baseia-se na estimulação de pontos localizados nos meridianos energéticos que atravessam o corpo humano. Para condição de doença, o ser humano é afetado por “energias perversas” que alteram o fluxo energético dos meridianos, reduzindo assim as alterações orgânicas funcionais. Importante lembrar que estas energias perversas pode ser um vento, o frio, o calor, as bactérias, vírus, um trauma físico e emoções como a ansiedade, tristeza, angústia, estresse, entre outros.

Importante esclarecer que para tratar uma afecção, podem-se usar várias técnicas como: moxabustão, sangrias, ventosa, sttiper, aurículo acupuntura, reiki, massagens nos pontos, eletroacupuntura. Todas baseadas na teoria dos canais e meridianos.

Indicações:

  • Ansiedade
  • Enxaqueca
  • Dor
  • Insônia

 

Acupuntura Estética

O procedimento é feito da mesma maneira que as sessões de acupuntura tradicionais, diferencia-se por além de utilizar pontos sistêmicos utiliza-se pontos locais. Os pontos de energia do corpo que não estão em harmonia são estimulados com agulhas ou com laser. O laser ajuda também na reconstituição de tecidos danificados.

Além de não precisar de um tempo de recuperação, a diferença entre a acupuntura estética e os demais tratamentos de beleza é que ela considera o paciente como um todo, já que os problemas estéticos normalmente têm ligação com algum desequilíbrio nos órgãos internos.
Traz a beleza de dentro para fora. Proporcionando por exemplo no tratamento facial o rejuvenescimento, mantendo o lifiting natural do paciente.

Indicações:

  • Emagrecimento
  • Celulite
  • Rugas
  • Linhas de expressão

Entre outros, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde):

 

Doenças, sintomas e condições tratáveis com a acupuntura